A Rainha compartilhou uma triste confissão sobre o filho de Meghan e Harry, o pequeno Archie

No início de 2020, o Príncipe Harry e Meghan Markle deixaram claro que queriam se retirar da vida real britânica. A decisão deles de viverem de maneira mais privada e alternarem entre o Reino Unido e a América do Norte teve grandes implicações. Tanto que a Rainha apresentou agora uma visão comovente de como isso afetará sua relação com Archie.

Archie Harrison Mountbatten-Windsor é o primeiro filho de Meghan, a Duquesa de Sussex, e do Príncipe Harry, o Duque de Sussex. Na casa de sua família em 7 de maio de 2019, o orgulhoso pai de Archie revelou à mídia o nascimento da criança. Ele chegou até a contar à imprensa que o recém-nascido pesava pouco mais de 3 kg.

“A experiência tem sido mais incrível do que eu poderia ter imaginado. O que as mulheres fazem está além da compreensão”, disse Harry ao jornal The Independent em 2019. “Mas nós dois estamos absolutamente contentes… e gratos por todo amor e apoio que temos recebido. Tem sido maravilhoso, então só queríamos compartilhar isso com todos”.

ADVERTISEMENT

O príncipe esteve lá quando Archie nasceu e, de forma compreensível, ficou muito feliz pelo momento. “Estou muito orgulhoso da minha esposa”, disse ele. “Todos os pais devem dizer por aí que seu filho é incrível. Mas este figurinha é de doer o coração de tão maravilhoso, eu estou encantado”.

No entanto, o Duque de Sussex não foi o único que esteve lá com Meghan. A mãe da duquesa, Doria Ragland, também a ajudou durante todo o processo. Conforme o relato de conhecidos da família, ela queria estar presente pelo fato da gravidez de Meghan ter sido considerada tardia. Enfim, Ragland ficou radiante por receber seu primeiro neto.

ADVERTISEMENT

Como esperado, o nascimento de Archie foi amplamente comemorado. Alguns locais ao redor do mundo foram até mesmo iluminados para dar as boas-vindas ao novo membro da realeza. Enquanto a Torre CN e as Cataratas do Niágara mostraram orgulho em relação ao vínculo do casal real com o Canadá – o qual falaremos mais adiante -, a London Eye foi banhada por uma luz multicolorida. No dia seguinte ao nascimento, o casal contou ao mundo como haviam decidido chamar o menino.

ADVERTISEMENT

O nome deu o que falar. Seria Archie um anagrama? Afinal, o primeiro nome de Meghan é Rachel. Também seria Harrison um trocadilho inteligente sobre ele ser “o filho de Harry”? Parece que, na verdade, a criança recebeu o nome do major Tom Archer-Burton, carinhosamente conhecido como “Archie”, o qual teve um importante papel no serviço militar de Harry.

ADVERTISEMENT

Quando Harry foi informado de que não teria permissão para servir no Iraque em 2007, Archer interveio para persuadi-lo a continuar no Exército. Inclusive, ele ajudou a manter a confidencialidade do serviço de Harry, o que o príncipe sempre apreciou. Archer e Harry tornaram-se, então, bons amigos, chegando o militar até a comparecer ao casamento do casal.

ADVERTISEMENT

Em relação à inspiração para o nome de Archie, uma fonte compartilhou o rumor ao jornal The Sun, dizendo: “O pessoal do  Exército e do círculo íntimo de Archer sabem que o bebê Archie é uma homenagem a ele. Os dois homens mantiveram contato regular e Archer conheceu grande parte da família de Harry, incluindo Meghan”. Também, acrescentou que Archer era modesto demais para aceitar qualquer crédito pelo nome.

ADVERTISEMENT

Apesar de Harry e Meghan não terem dado a Archie nenhum título sofisticado, ele recebeu um sobrenome interessante, o qual possui uma história particularmente curiosa. Na época em que a Rainha iniciou seu reinado, o Príncipe Philip, marido dela, desejava que seus futuros filhos tivessem seu nome: Mountbatten. Contudo, não foi permitido e o príncipe ficou muito insatisfeito com isso.

ADVERTISEMENT

Assim, o nome da casa real continuou a ser Windsor – apenas por um tempo, já que o Príncipe Philip ganhou uma concessão da Rainha. Aparentemente, por amar muito seu marido e ter percebido o quanto aquilo o magoou, ela fez uma alteração antes da chegada do Príncipe Andrew. Em função disso, a realeza britânica possui agora o sobrenome Mountbatten-Windsor. Se Philip tivesse levado a melhor antes de ela assumir o trono, eles teriam sido chamados de Edimburgo – nome ducal do príncipe.

ADVERTISEMENT

Como você deve se lembrar, o batizado de Archie ocorreu alguns meses após seu nascimento. A pequena cerimônia foi realizada na Capela Privada do Castelo de Windsor e contou apenas com uma dúzia de convidados, os quais assistiram ao Arcebispo de Canterbury batizando Archie com água do rio Jordão. Mais tarde, estes felizes pais puderam postar as fotos para seus seguidores nas redes sociais, porém não divulgaram sobre a identidade dos padrinhos de Archie.

ADVERTISEMENT

Os nomes dos padrinhos vazaram meio ano após a cerimônia, sendo uma surpresa o casal não ter optado por nenhuma celebridade. Tiggy Pettifer, a qual havia sido a babá de Harry, era a madrinha e Mark Dyer, amigo do príncipe, era o padrinho. Ambos deram muito apoio a Harry após o fatal acidente sofrido por sua mãe, a Princesa Diana.

ADVERTISEMENT

Já que a realeza costuma ter um monte de padrinhos, não foi uma surpresa quando outro amigo de Harry, Charlie van Straubenzee, também foi indicado como suposto padrinho de Archie – é possível que até tenha mais alguns, mas que se mantiveram em segredo. No entanto, a lista certamente não incluía o irmão de Harry e sua cunhada – o Príncipe William e Kate Middleton. Por quê? Bem, eles acreditam que tios já fazem parte do círculo familiar, portanto não necessitam deles como padrinhos.

ADVERTISEMENT

Nesta altura, Archie é o oitavo bisneto da Rainha, o último de uma prole em crescimento que conhece a monarca do Reino Unido como “Gan-Gan”. A mais velha é Savannah Phillips, neta da filha da Rainha, a Princesa Anne. Anne tem dois filhos, Peter e Zara: Peter tem duas filhas e Zara também possui duas meninas. O Príncipe William, assim, tem três crianças.

ADVERTISEMENT

Devido às complexas regras da realeza britânica, Archie não é um príncipe. Seus pais também não queriam que ele tivesse qualquer tipo de título. Ele poderia ter sido conhecido como o Conde de Dumbarton – um dos títulos de Harry -, mas tanto Harry quanto Meghan foram contra isso.

ADVERTISEMENT

Já os primos de Archie são príncipes e princesas. O mais velho deles, o Príncipe George, é o terceiro na linha de sucessão ao trono britânico (o primeiro é Charles e o segundo é William). Aliás, ele é considerado bom para o comércio no Reino Unido, tendo moedas comemorativas cunhadas em seu nome. Inclusive, George é visto às vezes com seus pais em eventos públicos.

ADVERTISEMENT

A irmãzinha de George, a Princesa Charlotte, é a próxima na linha de sucessão ao trono. Isso representa uma mudança do passado, visto que o Acordo de Perth de 2011 alterou o modo como a coroa britânica seria passada às meninas, de forma que tivessem os mesmos direitos dos meninos. Então, quando o irmão mais novo de Charlotte, o Príncipe Louis, veio ao mundo, ele não tomou o lugar dela na linha.

ADVERTISEMENT

Após as fotos do batizado, as quais apresentaram um breve vislumbre de Archie, ele voltou a aparecer diante das câmeras em um evento beneficente no Billingbear Polo Club, próximo à cidade de Londres. O pequeno passou o dia ao lado de seus primos reais e assistiu ao seu pai em uma partida de polo. Contudo, é visível que Meghan manteve um estrito controle sobre seu bebê. Logo, Archie seria afastado de seus primos da realeza – e a Rainha viria a confessar sua tristeza por esta separação em sua família.

ADVERTISEMENT

No entanto, isso ainda estava por vir. Depois desse evento, Archie foi visto novamente quando seus pais lançaram uma foto para registrar o início de 2020. A imagem veio não só com uma alegre mensagem de Ano Novo, como também em um conceito turvo, de modo que o garoto não fosse visto com nitidez. No fim das contas, Harry e Meghan seriam mais privados do que qualquer um esperava.

ADVERTISEMENT

No início de janeiro de 2020, o casal real contou a seus seguidores nas redes sociais que renunciariam as suas funções como membros da monarquia britânica. Nesta situação, conhecida como Megxit – tal termo refere-se ao Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia -, a dupla dividiria seu tempo entre o Reino Unido e o Canadá e até mesmo se sustentaria financeiramente.

ADVERTISEMENT

Após o anúncio, ocorreu uma série de conversas tanto com a Rainha quanto com os outros membros da família real britânica. Em 13 de janeiro, por meio da reunião de emergência denominada de Cúpula de Sandringham, a situação foi resolvida: O casal não cumpriria mais os deveres reais. A monarca fez, em seguida, uma declaração pessoal, o que é muito raro para ela.

ADVERTISEMENT

“Hoje minha família teve discussões muito construtivas acerca do futuro de meu neto e de sua família. Nós apoiamos completamente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida como uma jovem família”, escreveu a Rainha. “Embora tenhamos preferido que eles continuassem a trabalhar em tempo integral como membros da realeza, respeitamos e compreendemos o desejo deles de viverem uma vida mais independente como família – ainda que continuem sendo também uma valiosa parte da minha família”.v

ADVERTISEMENT

“Harry e Meghan deixaram claro que não querem depender de fundos públicos em suas novas vidas”, prosseguiu a monarca britânica. “Portanto, foi acordado que haverá um período de transição, o qual eles passarão tanto no Canadá quanto no Reino Unido. Essas são questões complexas para minha família resolver e ainda há mais trabalho a ser feito, mas solicitei que as decisões finais fossem tomadas nos próximos dias”.

ADVERTISEMENT

Logo, o casal não ficou totalmente à deriva, posto que Harry ainda receberá, por exemplo, algum dinheiro de seu pai, o Príncipe Charles. Agora que Harry e Meghan estão livres para aproveitar novas oportunidades por conta própria, certeza que dinheiro não vai ser um problema.

ADVERTISEMENT

Devido ao Megxit, Harry e Meghan gradualmente se retiraram de suas obrigações públicas. Essa situação fez com que Archie não passasse muito tempo com o lado paterno de sua família. Acredita-se, inclusive, que ele só tenha saído com seus primos, os filhos de William, em algumas ocasiões.

ADVERTISEMENT

Não são apenas as crianças que não têm visto muito o Archie. Ainda que a Rainha tenha passado alguns dias com ele após seu nascimento, no período em que Archie visitou o Castelo de Windsor para ser batizado, ela não pôde comparecer à cerimônia. Infelizmente, ela e seu marido, Philip, possuíam outro compromisso.

ADVERTISEMENT

Como foi mencionado, Archie chamou a atenção dos fotógrafos quando apareceu no evento beneficente de polo. Essa ocasião em julho de 2019, aliás, marcou a última vez em que ele foi fotografado com seus primos. Ainda por cima, a família não passou o Natal com a Rainha, optando por permanecer no Canadá durante o período festivo.

ADVERTISEMENT

Agora que os pais de Archie pretendem viver grande parte do ano no Canadá, o tempo que ele terá com a bisavó será ainda menor. Em janeiro de 2020, uma fonte muito próxima da Rainha falou com o jornal The Sunday Times e revelou como a monarca de fato se sentia sobre essa mudança. A Rainha havia admitido, então, que “ela ficará muito triste por mal ver Archie e também por saber que ele perderá a oportunidade de crescer com seus primos e toda a família”.

ADVERTISEMENT

Durante os primeiros meses de 2020, o pequeno não chegou a pisar em solo inglês, permanecendo no Canadá com Meghan. Por ser um anúncio recente na época, os planos da família sobre como eles passariam seu tempo não eram muito claros. De todo modo, quando Archie irá ver sua “Gan-Gan” é uma questão que segue mal resolvida.

ADVERTISEMENT

Contudo, a distância entre parentes na família real não é algo novo. Até mesmo a Rainha supostamente  nem sempre foi tão próxima de sua família. Ao que parece, ela também não esteve muito envolvida na infância de seu primeiro filho, Charles. Em uma biografia autorizada, lançada em 1994, o Príncipe Charles afirmou que suas babás foram as pessoas que mais cuidaram dele.

ADVERTISEMENT

Já a irmã de Charles, Anne, contou uma história diferente. Apesar de concordar que as babás desempenharam um papel importante na casa real, ela se lembra da Rainha demonstrando grande interesse por seus filhos. “Eu acredito que não existe qualquer evidência a qual indique que ela não se importava conosco”, disse Anne durante uma entrevista de 2002 para a BBC. Parece que a Rainha se tornou mais atenciosa a cada filho, sendo o mais novo – o Príncipe Edward – seu suposto favorito.

ADVERTISEMENT

Como uma tradição, a família real britânica costuma se reunir na época do Natal. A maioria caminha até Sandringham, uma das residências da Rainha no Reino Unido, para celebrarem com ela. A soberana britânica pode, então, desfrutar do papel de bisavó com os pequenos. Só há uma regra feita pela Rainha: as crianças devem fazer a refeição de Natal em suas próprias mesas – há uma mesa para cada criança.

ADVERTISEMENT

Por sua vez, Charles aparentemente adora seu apelido de “Vovô Gales”. Enquanto ele é, claro, o Príncipe de Gales, Harry também já chegou a usar Gales como sobrenome no passado. Charles gosta de se encontrar com William, sua nora e netos. Logo, embora Harry e Meghan tenham se ausentado, o resto da família apareceu em Sandringham para o Natal de 2019.

ADVERTISEMENT

Assim como a Rainha, parece que Charles ficou desapontado com o pouco tempo que teve com Archie. “Onde estarão o legado e as raízes de Archie? E sobre a família de Diana, os Spencer?”, um confidente disse ao The Sunday Times em janeiro de 2020. “Harry e William sabem muito bem o quão nociva pode ser uma infância instável”.

ADVERTISEMENT

Harry também admitiu que o afastamento da família em relação à vida real britânica havia causado “uma grande tristeza”. Aparentemente, ele não deixou com que isso o impedisse de apreciar as alegrias da paternidade. Por exemplo, em janeiro de 2020, Harry fez um discurso para Sentebale – uma instituição de caridade que ele ajudou a fundar – e falou com alegria sobre como Archie gostou de seu primeiro contato com a neve.

ADVERTISEMENT

De acordo com o jornal Today, Harry disse ao público: “Há 23 anos, quando eu perdi minha mãe, vocês me colocaram sob suas asas. Vocês cuidaram de mim por um longo tempo. Como a mídia é uma grande força, a minha esperança é que um dia, nosso apoio coletivo possa se tornar ainda mais poderoso, porque isso é muito maior do que nós. Tem sido um privilégio nosso servi-los e continuaremos a levar uma vida voltada ao trabalho”.

ADVERTISEMENT

“Assim, nesse aspecto, nada muda”, prosseguiu Harry. “Foi também um privilégio conhecer tantos de vocês e sentir a animação por conta de nosso filho, Archie, que viu a neve pela primeira vez esses dias e a achou fantástica”.

ADVERTISEMENT

Harry, então, tentou explicar por que Megxit ocorreu. “Foram tantos meses de conversas depois de tantos anos de desafios”, disse ele. “Eu sei que nem sempre acertei e, com o passar do tempo, não havia realmente outra alternativa”. Aliás, é bem provável que os canadenses vejam mais o Archie por lá, já que, no futuro, seus pais planejam passar muito mais tempo no Canadá.

ADVERTISEMENT

Porém, mesmo sem o Archie por perto, a Rainha ainda tem sua família. Dizem, por exemplo, que ela é muito próxima de sua neta Zara Tindall. Parece que ela ama a companhia de Zara, pois as conversas entre as duas não são “intelectuais” e podem relaxar na presença uma da outra. Aliás, como uma fonte ressaltou, a rainha gosta de rir tanto quanto qualquer pessoa.

ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT