40 fatos que você não sabia sobre a Rainha do Country que te farão adorá-la ainda mais

Dolly Parton? Não há quem não goste desta mulher! Essa alegre loirinha conquistou o coração de gerações por conta de suas icônicas músicas, seu jeitinho engraçado e seu marcante estilo. No entanto, ainda existe alguns detalhes sobre a Rainha do Country e sua memorável carreira que até mesmo os maiores fãs da cantora podem não saber. Assim, aprecie estes impressionantes fatos e imagens que provam que, por baixo daqueles macacões repletos de strass, Dolly possui mesmo um coração de ouro.

40. Seu famoso visual teve início a partir de algumas peculiares experiências

A jovem Dolly cresceu com uma renda familiar relativamente baixa, não tendo condições, por exemplo, de comprar maquiagem. Contudo, isso não a impediu de exibir a sua melhor aparência. Portanto, ela empenhou-se na arte da improvisação. Lábios coloridos? Bem, isso podia ser feito com frutas vermelhas. À propósito, Dolly fazia delineados esfumados com fósforo já queimado e até se perfumava com a planta madressilva. Muito criativa, não?

39. Ela tem um surpreendente vínculo com “Buffy, a Caçadora de Vampiros”

Dolly é definitivamente uma mulher de muitos talentos, mas seu tempo na TV é considerado como uma de suas maiores realizações. Você sabia que esse ícone do country esteve envolvido na produção de “Buffy, a Caçadora de Vampiros”? Sim, é verdade! Apesar do nome dela não ter aparecido nos créditos do programa, Dolly ajudou a levar essa série de terror de grande sucesso para a TV através de sua empresa, a Sandollar Productions.

ADVERTISEMENT

38. Ela comprou a antiga casa de sua família e fez algumas admiráveis mudanças

Após tornar-se um sucesso, Dolly ganhou dinheiro suficiente para comprar a casa em que passou sua infância. Ela não só adquiriu o imóvel, como também gastou milhões de dólares para deixar a propriedade do mesmo modo que era antes – com banheiro ao ar livre, inclusive.

37. O bullying na infância fez com que ela desenvolvesse uma fobia para a vida toda

ADVERTISEMENT

Quando Dolly era menor, algumas crianças tinham inveja dela devido a sua participação na TV local, tanto que eles chegaram a trancá-la em um armário da escola. Dessa forma, Dolly sempre teve medo do escuro e ainda hoje precisa dormir com alguma luz acessa. Pois é, até mesmo a Rainha do Country possui alguma fraqueza.

36. Ela e o marido guardaram um grande segredo

Dolly conheceu seu marido, Carl, no início de sua carreira, porém isso foi um grande problema na época. Afinal, quanto mais mantivesse sua imagem de menina solteira, melhor seria – e ter um homem grudado a ela não ajudaria muito. Entretanto, este apaixonado casal não se conteve e, no dia 30 de maio de 1966, eles casaram em segredo na cidade de Ringgold, na Geórgia. Dessa maneira, Dolly e Carl conseguiram manter o casamento deles escondido por 12 meses.

ADVERTISEMENT

35. Ela fez história na sua família antes mesmo de chegar a Nashville

ADVERTISEMENT

Curiosamente, Dolly foi a primeira de sua família a se formar no ensino médio, em 1964. Todavia, isso não fez com que ela escolhesse se dedicar à vida acadêmica. Pelo contrário, um dia após Dolly jogar seu chapéu de formatura para cima, ela já deixou sua cidade natal, Sevierville, para desenvolver sua carreira na indústria da música.

34. Sua estreia profissional foi um tanto incomum

Billy, tio de Dolly, incentivou sua sobrinha em relação à música desde quando ela era muito jovem. Foi devido a esse apoio, aliás, que a menina deu início a sua carreira. Billy apresentou Dolly a um conhecido que divulgava os negócios dele em um programa de rádio do Tennessee. Graças a esse contato de Billy, o programa apresentou a primeira performance de Dolly diante de um público ao vivo – tudo isso aconteceu quando ela só tinha dez anos de idade.

ADVERTISEMENT

33. “I Will Always Love You” é uma homenagem a outra estrela do country

ADVERTISEMENT

“I Will Always Love You” ainda é uma das músicas de maior sucesso de Dolly – até porque o cover de Whitney Houston colocou a música no topo das paradas musicais. O que muitos fãs não sabem, na verdade, é que essa letra foi escrita para Porter Wagoner logo que ele e Dolly terminaram uma parceria musical de muitos anos. Uma homenagem e tanto.

32. As mechas de Dolly foram muito procuradas durante os anos 90

Nos anos 90, a Revlon atendeu ao pedido do público e produziu uma variedade de perucas de acordo com os cabelos de Dolly. À propósito, até hoje elas são vendidas pela internet. Gostaria de ter seu próprio conjunto de altos e loiros cachos? Basta pesquisar um pouquinho e você logo encontrará.

ADVERTISEMENT

31. Ela tem uma conexão muito especial com as escoteiras

ADVERTISEMENT

Se Dolly era uma escoteira? Não exatamente. O vínculo vem do fato de que as escoteiras podem conquistar um distintivo chamado “Coat of Many Colors” – mesmo nome da famosa canção de Dolly, lançada em 1971. Visando à realização de atividades voltadas ao auxílio dos menos favorecidos, as escoteiras do sul dos Apalaches criaram, em colaboração com a estrela do country, esse distintivo.

30. Ela tem uma graduação

No ano de 2009, Dolly recebeu um diploma honorário da Universidade do Tennessee, em Knoxville. O motivo de tal honra? Claramente foi por conta de seus serviços prestados à caridade e ao entretenimento. Inclusive, quando subiu ao palco para receber seu diploma, Dolly tornou-se a segunda pessoa a receber tal reconhecimento da universidade.

ADVERTISEMENT

29. Não demorou nada para ela escrever duas de suas maiores canções

ADVERTISEMENT

Em 1973, Dolly levou somente uma noite para compor tanto “Jolene” quanto “I Will Always Love You”. Esse feito apresenta-se mais incrível atualmente, porque “Jolene” continua sendo um dos maiores sucessos de Dolly como artista solo e “I Will Always Love You”, graças ao cover de Whitney Houston, é uma canção ainda mais icônica.

28. Uma parte de ser um ícone de beleza que Dolly simplesmente não tolera

Dolly tem sido muito franca sobre sua relação com a dieta: após anos fazendo diversos regimes, ela não é fã disso. “Tentei todas as dietas do livro”, disse ela certa vez. “Eu tentei até comer o livro, [e] tinha um sabor melhor do que a maioria daquelas dietas”. Talvez, a comida seja seu grande vício.

ADVERTISEMENT

27. Ela foi nomeada a Cidadã do Ano do Tennessee em 2006 – mas não por sua música

ADVERTISEMENT

A instituição beneficente de alfabetização infantil de Dolly, intitulada de Dolly Parton’s Imagination Library, rendeu à estrela, de modo merecido, a honra de ser a “Cidadã do Ano do Tennessee” em 2006. Originalmente, a instituição foi fundada em 1995 com o propósito de aumentar as taxas de alfabetização entre as crianças da pré-escola no leste do Tennessee.

26. Até cientistas a homenagearam

O primeiro mamífero clonado do mundo foi uma ovelha chamada Dolly, em homenagem à Rainha do Country. De toda forma, tal tributo foi um pouco ousado por parte dos cientistas envolvidos na criação do animal. De que maneira? Bem, a ovelha foi clonada a partir das células de uma glândula mamária – e eles não evitaram relacionar isso aos grandes seios de Dolly.

ADVERTISEMENT

25. O trabalho beneficente de Dolly vai muito além de seu programa de alfabetização

ADVERTISEMENT

Em dezembro de 2016, Dolly criou o “My People Fund” para os moradores das montanhas Great Smoky, nos Apalaches. Naquele ano, a comunidade foi devastada por incêndios os quais forçaram duas mil pessoas a fugir de suas casas. À propósito, esse ato de bondade veio após mais uma boa ação. Em novembro de 2016, Dolly concedeu uma bolsa de estudo universitária de 30 mil dólares a uma menina de dois anos que havia se inscrito recentemente em seu programa de alfabetização. Como não amar isso?

24. Um inusitado brinquedo inspirou a escrita de sua primeira canção

Dolly era tão pequena quando começou a escrever suas canções que teve que pedir ajuda a sua mãe, a qual transcreveu as palavras para ela. Assim, a primeira música que ela compôs foi sobre sua boneca, que havia sido feita a partir de uma espiga de milho.

ADVERTISEMENT

23. Ela é a maior empregadora em sua cidade natal

ADVERTISEMENT

Desde que ela se mudou aos 18 anos, Dolly esteve determinada a ajudar a comunidade do local em que ela cresceu. De fato, pode-se dizer que ela já fez isso. Por meio de seu parque de diversão, denominado de Dollywood, ela emprega mais pessoas no condado de Sevier do que qualquer outro negócio.

22. Ela foi alvo de extremistas

Em meados dos anos 2000, diversos parques de diversão participaram dos “Gay Days”, evento este que proporcionou espaços seguros aos membros da comunidade LGBTQ+ e seus entes queridos, de maneira a desfrutarem de todas as atrações. Assim, Dollywood foi um dos parques envolvidos nesse evento e nem todos aprovaram. Apesar de Dolly ter sido ameaçada pela organização terrorista Ku Klux Klan, ela não deixou com que isso a impedisse.

ADVERTISEMENT

21. O marido de Dolly permitiu a entrada de câmeras em um momento especial – porém, com uma condição…

ADVERTISEMENT

Dolly e seu marido comemoraram as bodas de ouro em 2016. Isso mesmo: 50 anos de casamento! Inclusive, o casal aproveitou a ocasião especial e preparou uma cerimônia privada para renovarem seus votos em Nashville, no Tennessee. Isso por si só já é muito emocionante, entretanto, Carl e Dolly foram ainda mais longe ao vender as fotos desse evento em um leilão especial de caridade. Assim, todo o dinheiro arrecadado foi destinado à instituição Dolly Parton’s Imagination Library.

20. Seu nascimento foi pago de um jeito inusitado

Não é segredo que Dolly nasceu em uma família com condições financeiras extremamente precárias. Naquela época, eles viviam em uma pequena cabana no Tennessee – sem acesso à água corrente ou energia elétrica. Assim, quando Dolly veio ao mundo, seu pai, Robert, só pode oferecer ao médico, o qual fez o parto, um saco de farinha como pagamento. De origens humildes nascem lendas.

ADVERTISEMENT

19. Ela acorda às 3h da manhã

ADVERTISEMENT

Como Dolly é uma mulher ocupada e tem muito a organizar, ela acorda de madrugada – exatamente às 3h da manhã – para dar conta de tudo. Coragem! Em 2018, Dolly falou ao Today: “Eu vou para a cama cedo, porque sou mais da madrugada. Já que é tudo silencioso e todas as energias estão tranquilas ali – exceto a minha -, trabalho mais entre às 3h e às 7h da manhã do que a maioria das pessoas durante todo o dia”.

18.  Ela já perdeu um concurso de sósias de, pasme, Dolly Parton!

Parece mentira, porém é real. Dolly participou uma vez de um concurso de sósias dela mesma… E perdeu. Em 2009, a estrela revelou tudo a Robin Roberts, relatando: “Há anos, em um concurso de Halloween na via Santa Monica Boulevard, todos estavam vestidos como eu… Então, eu dei uma exagerada no meu visual, entrei, subi no palco… E não ganhei. Eu nem cheguei perto de ganhar, na verdade”.

ADVERTISEMENT

17. Ela não se arrepende de não ter tido filhos

ADVERTISEMENT

Dolly e Carl não possuem filhos e a estrela do country afirma que não se arrepende disso. Em 2014, ela disse à Billboard que era muito próxima de seus sobrinhos. Dolly chegou até a explicar: “Deus não quis que eu tivesse filhos para que os filhos de todos pudessem ser meus”. Adorável.

16. Você não a verá em nenhum brinquedo

Dolly pode ter seu próprio parque de diversão, contudo ela não usufrui de suas próprias montanhas-russas. Em 2019, ela contou ao The New York Times: “Eu não vou nos brinquedos. Nunca. Eu fico enjoada fácil. Além disso, eu sou um pouco medrosa. Com todo este meu cabelo, eu tenho muito a perder, como minha peruca ou até meus sapatos. Eu não gosto de me desarrumar”. Faz sentido.

ADVERTISEMENT

15. Ela recusou o Elvis

ADVERTISEMENT

Dolly teve a oportunidade de trabalhar com o próprio Elvis, mas colocou seus princípios à frente de todo o resto. O Rei do Rock desejava criar sua própria versão de “I Will Always Love You”. Até aí tudo bem, entretanto, o que de fato aconteceu para que ela recusasse essa oferta? A verdade é que quando o famoso e implacável agente de Elvis, Coronel Tom Parker, ligou para Dolly, ele propôs que ela ficasse apenas com metade dos direitos de publicação do cover. Obviamente essa esperta mulher de negócios recusou tais termos.

14. Ela está no livro “Guinness World Records”

Dolly tem praticamente todos os outros prêmios já existentes, então por que não adquirir também alguns recordes mundiais? Pois é, ela possui dois. Dolly foi nomeada como a artista feminina recordista dos maiores sucessos nas paradas country dos Estados Unidos e recebeu outro recorde por sua longevidade no topo das paradas country dos Estados Unidos. Repleta tanto de troféus quanto de títulos.

ADVERTISEMENT

13.  Ela foi salva pela vaca de sua família

ADVERTISEMENT

Quando era mais nova, Dolly ficou fascinada por uma borboleta-monarca. O único problema, porém, é que ela seguiu esse inseto colorido tão longe de sua casa que acabou se perdendo. Por sorte, uma vaca, chamada Bessie, veio ao resgate. Assim, Dolly segurou a coleira do animal e foi literalmente arrastada de volta para sua família. Apesar de tudo, ela ainda adora borboletas.

12. Ela é a madrinha de Miley Cyrus

Miley Cyrus aprendeu, de fato, com os melhores! Apesar de não ser oficialmente madrinha de Miley, Dolly esteve e permanece ao lado da menina desde sempre. Em 2019, o ícone do country relatou a Robin Roberts: “O pai [de Miley] é meu amigo e quando ela nasceu, ele já anunciou: ‘Você tem que ser madrinha dela’. E eu falei: ‘Aceito’. Nunca fizemos uma grande cerimônia, no entanto estou muito orgulhosa dela, amo essa garota e, inclusive, ela é das minhas”.

ADVERTISEMENT

11.  Ela é uma compositora

ADVERTISEMENT

Dolly é extremamente habilidosa, mas há algo que ela prefere fazer acima de tudo. Em seu livro lançado em 2020, “Songteller”, ela declarou: “Meu nome é Dolly Parton e sou compositora… Se eu tivesse que escolher apenas uma coisa para ser, eu escolheria ser compositora”. Ela acrescentou que, se tivesse opção, poderia “de bom grado, ficar em casa para sempre, aproveitar a vida e escrever canções”.

10.  Ela fez Stephen Colbert chorar

Muitas pessoas sentem-se profundamente emocionadas pelo canto de Dolly, incluindo Stephen Colbert. Em outubro de 2020, a estrela apareceu no programa de Colbert e cantou uma versão de “Bury Me Beneath the Willow”, a qual fez com que o apresentador se desatasse em lágrimas. Por outro lado, Dolly seguiu serena e apenas brincou: “É melhor eu ficar quieta antes que você chore até a morte e não consiga terminar o show!”.

ADVERTISEMENT

9.  Ela dorme maquiada

ADVERTISEMENT

Você certamente nunca viu Dolly sem maquiagem e com razão, afinal, ela continua maquiada mesmo enquanto dorme. Em 2019, ela disse ao The New York Times: “Nunca se sabe se o ônibus vai bater ou se um incêndio vai acontecer no hotel que estou hospedada. Então, deixo a maquiagem durante a noite e limpo meu rosto pela manhã”.

8.  Ela acredita que herdou o talento para negócios de seu pai

Dolly tem um grande respeito pelo homem que a criou. Em 2017, ela contou à revista Maverick: “O papai não estudou, mas tinha senso de cavalo, que significa bom senso. É dessa maneira que dizemos no campo. Na cidade, eles chamam de esperteza de rua. Aquele conhecimento inato do que fazer, do que não fazer, como barganhar, como negociar… Meu pai era ótimo nisso. Portanto, consegui meu senso para negócios com meu pai”.

ADVERTISEMENT

7.  “Jolene” é ligeiramente baseada em uma história verdadeira

ADVERTISEMENT

Apesar de todos conhecerem a canção de maior sucesso de Dolly, “Jolene”, poucos sabem que a cantora e compositora realmente se inspirou em algo que aconteceu com ela para escrever essa música. Em 2008, ela revelou ao programa de rádio All Things Considered que uma funcionária ruiva de um banco tinha “esta terrível paixão pelo [seu] marido”. Embora a mulher não tenha ficado entre Dolly e Carl, a ameaça de ter um homem seduzido foi a inspiração por trás da canção.

6. Ela não se incomoda muito com comentários sobre seus seios

Durante uma entrevista de 1980 com Roger Ebert, Dolly conversou acerca de uma de suas famosas características. Foi perguntado: “Você se incomoda com as constantes referências em relação ao tamanho de seu busto?”. Ela respondeu friamente: “Não me incomoda tanto, a menos que insistam nisso… Se alguém realmente se empolga, bem, eu meio que fico com pena. Porque o problema é dele, não meu. Fora isso, eu levo na brincadeira. Conheço, aliás, algumas das melhores piadas sobre Dolly Parton. Eu mesma que inventei”.

ADVERTISEMENT

5. Sua primeira paixão foi Johnny Cash

ADVERTISEMENT

Na adolescência, Dolly teve uma quedinha pela lenda da música: Johnny Cash. Em 2012, ela explicou ao Nightline que o momento em que o viu pela primeira vez foi “quando [ela] entendeu de fato o que era sex appeal – alguém impressionante que me fazia sentir algo por dentro”. Dolly continuou: “[Johnny] tinha aquele tique nervoso quando movimentava o ombro… E era sexy. Mexeu comigo”.

4.  Ela vive de salto alto

Dolly adora ficar um pouco mais alta – o que faz sentido, já que ela só tem 1,52m de altura. No ano de 2020, em uma conversa com RuPaul para a revista Marie Claire, Dolly comentou sobre esses centímetros extras. Ela explicou: “Na verdade, eu uso salto alto na maior parte do tempo. Eles nem sempre são tão altos quanto os que calço nos shows… Enfim, só usando salto alto para alcançar meus armários”. No entanto, ela não utiliza apenas por necessidade. “Eu sempre gostei de calçar esses sapatos, me sinto mais eu mesma”, acrescentou a estrela.

ADVERTISEMENT

3. Ela tem tatuagens para disfarçar cicatrizes

ADVERTISEMENT

Você não deve ter notado, porém Dolly possui várias tatuagens no corpo. Sim, nós também estamos chocados! Em 2017, ela esclareceu à Vanity Fair que utilizou os desenhos para cobrir as marcas de queloide, embora não gostasse de “fazer muito” isso. À propósito,  parece que toda a arte em seu corpo está em tons pastéis.

2. Seu pai não sabia ler

O pai de Dolly nunca teve uma educação adequada – o que significava, por sua vez, que ele não sabia ler. Em uma entrevista de 2020 ao jornal The Irish Times, esse ícone da música lembrou como seu pai ficava constrangido por isso. Dolly afirmou que havia explicado a ele: “Papai, há muitas pessoas que não sabem ler nem escrever. Isso não faz do senhor alguém inferior”. No momento, então, ela está intensamente empenhada em melhorar a alfabetização infantil.

ADVERTISEMENT

1. Ela baseou seu estilo em uma “vagabunda”

ADVERTISEMENT

Dolly sempre foi franca sobre as origens de sua imagem atraente – e, por vezes, levemente ousada. Em outubro de 2020, ela recontou essa história à revista Wired. A estrela expôs que havia se inspirado na aparência de uma moça rotulada como a “vagabunda da cidade”, no Tennessee. Enquanto os outros ridicularizavam essa mulher, a jovem Dolly encontrava-se encantada. “Eu achava ela tão bonita”, explicou a estrela, “[mas] todos costumavam dizer: ‘Ela não é nada além de lixo’. E eu retrucava: ‘Bem, isso é o que eu vou ser quando crescer – lixo!'”. No entanto, Dolly acrescentou: “Só que eu gosto de pensar que sou um pouco mais do que isso”. Sim, ela definitivamente é.

ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT